14 de dez de 2010

Confiar desconfiando!

 

Realmente, quem vê cara não vê coração...