21 de fev de 2018

Coração sábio – Vida abundante e passaporte para a eternidade (Parte 1)


Salmo 90:12 (Salmo escrito por Moisés)

“Ensina-nos a contar os nossos dias para que alcancemos coração sábio”.

Moisés cresceu no palácio de faraó e foi educado em toda a ciência do Egito. Mas foi na sua caminhada com Deus que ele aprendeu as lições mais valiosas de sua vida.

Foi também com o Senhor que ele compreendeu algo importantíssimo para peregrinar sobre a terra e no fim de sua existência herdar a salvação. Ele aprendeu que a vida aqui na terra é breve, difícil e desafiadora.

Mas, apesar disso, viver é o único modo de amadurecermos e alcançarmos o propósito que Deus estabeleceu para cada um de nós.

Devemos reconhecer que Deus sustenta tudo através do seu poder e a medicina e a ciência existem para auxiliar na conservação da vida, mas não podemos de forma alguma negar ou evitar a realidade da morte.

Moisés escreveu que o limite de idade para o ser humano é de 70 ou em alguns casos 80 anos (acompanhado de enfado e o cansaço) e depois disso o fim será inevitável.

No Salmo 90 ele enfatiza a compaixão e o amor de Deus como cuidados que nunca falham.

Afirma também que o desejo de Deus é nos ensinar a experimentarmos alegria e satisfação mesmo em meio às dificuldades da vida, entendendo que somente Ele tem a capacidade de tornar nossa vida relevante aqui e também para a eternidade.

Importa então, vivermos um dia de cada vez, com sabedoria, pois não sabemos quantos dias ainda nos restam. Por esse motivo Moisés ora dizendo: "Ensina-nos a contar os nossos dias para alcançarmos corações sábios”. (Vs 12)

O Senhor nos ensina e ministra de inúmeras e diferentes formas. A principal delas é através da sua Palavra, a Bíblia. E é justamente na Palavra que encontramos aquilo que precisamos para trilharmos o nosso caminho e terminarmos bem a nossa jornada terrena.

Portanto, o desafio que temos é conhecermos mais a Palavra de Deus e discernirmos assim a sua vontade. Fazendo isso, entenderemos a vida, sua brevidade e importância.

Observando-a desenvolveremos um coração sábio que nos proporcionará desfrutar plenamente tudo aquilo que acontecer conosco nessa peregrinação por este mundo passageiro tendo a certeza que estamos plantando corretamente para colhermos um dia na eternidade.

Continua ....

Continua.....