16 de dez de 2011

Aprendendo com Jesus!

Jesus dependia do Espírito Santo no cotidiano e também e no seu ministério. Vemos Lucas citar o profeta Isaías quando se referia ao Cristo: “O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar a libertação aos cativos e a restauração da vista aos cegos, para por em liberdade os oprimidos.”
Jesus vivia em santidade e diferenciava-se dos demais homens – do mundo e das demais épocas – porque essa santidade é intrínseca a sua natureza. Enquanto a santidade dos demais é fruto do esforço próprio e da ação do Espírito Santo.
Ele também era dependente da mão de Deus e costantemente retirava-se para um local sossegado para orar. Vemos em Mateus que relata: “Despedidas as multidões, subiu ao monte a fim de orar sozinho.”
Para finalizar, vemos em Jesus uma humildade ímpar. Quando ele “deitou água na bacia e passou a lavar os pés dos discípulos e a enxugar-lhes com a toalha com que estava cingido” ele demonstrou que independente da posição ou cargo que ocupamos devemos ser servos e humildes buscando sempre o melhor para o próximo.

Siga o exemplo do Mestre e viva para fazer a vontade do Pai.

Comente!